A Palavra de DEUS

Tudo sobre a Palavra de DEUS.
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seLogin
E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo,
para dar a cada um segundo a sua obra.

Apocalipse 22:12
                

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
Apocalipse 22:12
E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
Apocalipse 22:12
E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
Apocalipse
Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim,
o primeiro e o derradeiro.

Apocalipse 22:13
Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos,
para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.

Apocalipse 22:14
A lei e os profetas duraram até João;
desde então é anunciado o reino de Deus,
e todo o homem emprega força para entrar nele.

Lucas 16:16
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 21 em Dom Nov 08, 2015 10:50 am
Últimos assuntos
» Cristão e Maçom. Como conciliar ?
Sab Set 17, 2016 3:05 am por STELIO

» Dois ou três reunidos em nome de Cristo
Sex Set 16, 2016 5:53 pm por STELIO

» O Personagem Enigmático de Dn 11 e Ap 1.
Sex Set 16, 2016 1:21 am por STELIO

» Lançados Vivos !
Sex Set 16, 2016 1:17 am por STELIO

» Dízimo: da Lei ou da Fé ?
Qui Set 15, 2016 12:21 am por STELIO

» CRITÉRIOS para penalização de membros que contrariam as regras do FÓRUM
Qua Set 14, 2016 11:05 pm por Admin

» Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo
Qua Set 14, 2016 7:24 pm por STELIO

» Versículos da Palavra.
Dom Set 11, 2016 6:01 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Local de apresentação de novos membros.
Sex Ago 26, 2016 5:45 pm por STELIO

» Ovelhas sem pastor
Qui Ago 25, 2016 3:13 am por STELIO

» MP não respondidas.
Sex Mar 11, 2016 10:26 am por Fernando

» Jesus é Deus.
Qua Mar 09, 2016 2:57 pm por Ricardo Veras

» “Ao SENHOR pertence a salvação!” (Jonas 2.9)
Dom Fev 28, 2016 6:47 pm por Henrique

» Seja Bem-vindo Marcelo Almoedo
Qua Fev 24, 2016 7:21 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» DEVOCIONAL - “Isaque habitava junto a Beer-Laai-Roi.”
Qua Fev 24, 2016 1:43 am por Henrique

» Quando o caração fala.
Sex Dez 04, 2015 12:04 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Escravidão++
Qua Jun 03, 2015 5:43 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?++
Seg Jun 01, 2015 1:33 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Consequências práticas de se crer na trindade++
Dom Maio 24, 2015 1:02 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Cristãos,Vocês Acreditam Que os Judeus vão Para o Inferno?++
Qui Maio 21, 2015 11:37 pm por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

Local de apresentação de novos membros.
Seg Fev 03, 2014 10:40 pm por Admin
.

Bem vindos, aqui poderão fazer a vossa apresentação no fórum.


Podem dizer de onde são, qual a Religião, crença ou denominação, ou
o motivo que os levou a terem feito o registo no …

[ Leitura completa ]
Comentários: 18
Contatar Administração
Fale conosco.
Visitantes.

Tópicos similares
RM


Compartilhe | 
 

 A DIFERENÇA – CENSURA E JULGAMENTO.Sua participação Aqui.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin



Mensagens : 871

Inscrição em : 29/01/2014

MensagemAssunto: A DIFERENÇA – CENSURA E JULGAMENTO.Sua participação Aqui.   Seg Mar 31, 2014 9:56 pm

.


http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com/t8931-a-diferenca-censura-e-julgamentosua-participacao-aqui


Assunto: A DIFERENÇA – CENSURA E JULGAMENTO.Sua participação Aqui.   Ter 08 Out 2013, 17:54


.



Aquim você pode comentar este estudo , descordar , acresentar , fique a vontade .

http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com/t8930-a-diferenca-censura-e-julgamento#38660


.

_________________
ADMIN
Voltar ao Topo Ir em baixo
Admin



Mensagens : 871

Inscrição em : 29/01/2014

MensagemAssunto: Re: A DIFERENÇA – CENSURA E JULGAMENTO.Sua participação Aqui.   Seg Mar 31, 2014 9:56 pm

J. C. Ryle escreveu:

“Não julgueis, para que não sejais julgados. Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também. – MT 7.1-5



A primeira parte destes versículos é uma das passagens bíblicas que precisamos ter o cuidado de não forçar para além do seu devido significado.


Vamos ver pois, de seguida o significado sem forçar além
das palavras que estão escritas, ao invés daquilo que o
próprio autor do estudo apontou mas acabou por ele
mesmo fazer, ao mandar julgar vagarosamente e dizer
coisas que não estão escritas.


J. C. Ryle escreveu:

Esta parte é freqüentemente corrompida e aplicada de forma errônea pelos inimigos da verdadeira religião. É possível pressionar de tal maneira as palavras da bíblia que elas acabam produzindo não o remédio espiritual, e sim, veneno.


Sendo assim, a explicação feita no estudo por si mesma já
está corrompida, ao mandar julgar vagarosamente e ao
falar o que não está escrito.


 
J. C. Ryle escreveu:

Nosso Senhor não intencionava de modo algum dizer que é errado proferir um juízo desfavorável sobre a conduta e a opinião de outras pessoas.
 
 
Se não é, então porque fala de um apontar o argueiro no
olho de outro irmão, quando uma trave estava na frente
do olho deste que aponta.

Depois, o texto não aponta condutas, mas sim juízos, e a
medida com que alguém medir outro alguém, e isto inclui
muitas e diversas situações, e não a conduta ou a opinião
apontada.

Não julgueis, para que não sejais julgados.
Mateus 7:1

O que o texto diz é claro, se julgarmos, seremos julgados,
depois de saber isto, antes de julgar devemos pois saber
aquilo que nos espera.


Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados,
e com a medida com que tiverdes medido vos hão de
medir a vós.

Mateus 7:2

Tanto é que, seja qual for o juízo e medida que cada um
usar para com outro irmão, da mesma forma será julgado
e medido, desta forma todos estais avisados.

E assim, se nos julgamos capazes de fazer um juízo sobre
alguém, devemos pois estar conscientes, que se por algum
motivo estivermos a julgar errado, então dessa mesma forma
errada seremos julgados, não importa a injustiça, como fizer
ao julgar e medir, assim lhe será feito depois.

 
J. C. Ryle escreveu:

Nosso Senhor não intencionava de modo algum dizer que é errado proferir um juízo desfavorável sobre a conduta e a opinião de outras pessoas.


Não é errado proferir um juízo desfavorável, mas é daqui
que nasce a discórdia e as más conversas, e ao julgar
erradamente ou com medida errada, o retorno será igual
para todo aquele que assim o fizer.

Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras,
já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o
há de julgar no último dia.

João 12:48

Só a Palavra pode julgar, porque só a Palavra é a verdade.


J. C. Ryle escreveu:

Precisamos ter opiniões bem formadas e decididas. Devemos julgar “todas as coisas” (I Ts 5.21).
 
 
Não extingais o Espírito. 19
Não desprezeis as profecias.
20
Examinai tudo. Retende o bem.
21
Abstende-vos de toda a aparência do mal.
22
1 Tessalonicenses 5:19-22
 
Duas linhas antes, e uma depois do texto apresentado pelo
autor do estudo, e não encontramos nada que fale de
julgamento, a não ser que o autor esteja a mandar julgar as
profecias, ou ainda que devemos julgar estas, e dai reter
somente o bem.
 
Será isto que é julgar todas as coisas ?,,, coisas estas como
as profecias ?

Ter uma opinião formada e decidida, é algo interior, e não
aponta para julgamentos e medidas feitas ao próximo

 
J. C. Ryle escreveu:

Devemos provar “os espíritos” (I Jo 4.1).
 
 
Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os
espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se
têm levantado no mundo.

1 João 4:1
 
E o que terá isto a ver com o juízo e medida que tiver-mos
contra outros irmãos ?
 
Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que
confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;

1 João 4:2
 
A própria palavra fará este julgamento, pois será ela a
"provar" esses espíritos, pois não confessam que JESUS
CRISTO veio em carne e é de DEUS.

O texto inicial fala de coisas entre irmãos e de julgar e
medir erradamente, e só a palavra pode julgar.

J. C. Ryle escreveu:

Nem, tampouco, Cristo quis dizer que seja errado reprovar os pecados e as falhas de outras pessoas,
 
 
E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e
disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado
seja o primeiro que atire pedra contra ela.

João 8:7
 
Muitos autores de estudos "conseguem" fazer JESUS dizer
as
palavras que não estão escritas na bíblia, pois em seu
entendimento já escrevem que "CRISTO quis dizer", se
JESUS quis dizer, porque motivo não está assim escrito
na bíblia ?

Quem não tem pecados e falhas para que esteja capacitado
de reprovar os pecados e  falhas dos outros irmãos ?

O qual não cometeu pecado,
nem na sua boca se achou engano.

1 Pedro 2:22

Este único não será JESUS ?

E mesmo assim, nem JESUS estando sem pecado condenou
aquela mulher pecadora, e que segundo a Lei, deveria morrer
ali mesmo por apedrejamento.


J. C. Ryle escreveu:

enquanto nós mesmos não tenhamos atingido a perfeição e não estejamos destituídos de falta.
 
 
Sendo assim, e seguindo estas mesmas palavras, pergunto
pois, quem já atingiu a perfeição ?,,,, e quem se considera
perfeito, e quem são os outros já perfeitos para assim
poderem reconhecer a perfeição deste outro ?
 
J. C. Ryle escreveu:

 Tal interpretação seria uma contradição a outras passagens da Escritura. Isso tornaria impossível condenar o erro e as falsas doutrinas.
 
 
Quem condena o erro e as falsas doutrinas, é a Palavra de
DEUS escrita na bíblia, não compete a nenhum homem ou
mulher à face da terra fazer esse julgamento por si mesmo.

Contradição é o que o autor do estudo faz no próprio estudo.

 
J. C. Ryle escreveu:

Seria um impedimento para qualquer um que desejasse ser ministro do evangelho ou juiz.
 
 
Ministro do evangelho não julga por si mesmo, mas sim
mostra
o que diz a palavra em relação ao assunto falado.
 
Juiz da Palavra/evangelho, não existem homens para tal
na face da terra.

 
J. C. Ryle escreveu:

A terra estaria nas mãos dos perversos (Jó 9.24). As heresias se espalhariam. Os malfeitores se multiplicariam por toda a parte.
 
 
A terra é entregue nas mãos do ímpio; ele cobre o
rosto dos juízes; se não é ele, quem é, logo?

Jó 9:24
 
O que tem este texto em Jó de relação com o julgamento
e a
medida que fizer-mos e que da mesma forma seremos julgados e medidos ?
 
O texto não fala que a terra estaria nas mãos dos perversos,
mas sim que a terra é entregue nas mãos do ímpio e que
DEUS
cobre o rosto dos juízes, logo fica sem
relacionamento.

 
 
J. C. Ryle escreveu:

 O que nosso Senhor condena é um espírito crítico que em tudo encontra alguma falta.
 
 
De novo o autor do estudo a fazer JESUS dizer aquilo que
não está escrito, falará o texto citado em criticas, e de
em tudo encontrar alguma falha ?,,,, quem faz essa afirmação
é o autor do estudo e não JESUS.

Não é mais claro entender que seja qual for o juízo e medida
que a outros julgarmos, da mesma forma seremos julgados ?
 
E assim nos leva a repensar se estaremos na realidade
prontos e confiantes de ir fazer um bom julgamento ou
boa medida de outrem.
 
 
J. C. Ryle escreveu:

A prontidão em condenar as pessoas por causa de pequenas coisas ou questões de pouca importância, o hábito de fazer julgamentos duros e precipitados, a disposição em exagerar os erros e fraquezas do próximo, e de sempre pensar o pior – isso tudo o Senhor nos proíbe.
 
 
Não é nada disso que está escrito no texto.
 
Não julgueis, para que não sejais julgados.
Mateus 7:1
 
Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados,
e com a medida com que tiverdes medido vos hão de
medir a vós.

Mateus 7:2
 
Estas palavras não são de proibição, mas sim de aviso,
para que saibamos que se fizermos errado, da mesma forma
errada será feito connosco.

E ainda, se aqui não se pode condenar nem as pequenas
coisas, porque motivo de seguida já diz que deveríamos
vagarosamente procurar defeitos no próximo ?

O certo é nem procurar sequer esses erros.

J. C. Ryle escreveu:

Essas coisas eram comuns entre os fariseus e continuam sendo comuns desde aquela época, até hoje. Todos precisamos vigiar para não cairmos em tal erro. O amor “tudo crê, tudo espera” das outras pessoas, e nós deveríamos ser muito vagarosos em procurar defeitos no nosso próximo. Esse é o verdadeiro amor cristão (I Co 13).
 
 
A palavra nem manda procurar os defeitos no próximo, como
é possível o autor do estudo dizer que deveríamos ser muito
vagarosos em procurar esses defeitos ?
 
Logo por essas palavras já o autor ensinou erradamente
usando coisas da bíblia, e quem tiver lido começará a pensar,
 "bem da próxima vez, vou mais vagarosamente ver os erros
daquele irmão".
 
Será isso que a palavra ensina, ou é aquilo que o autor do
estudo quer ensinar ?
 

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso;
o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses,
não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão
aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência,
desaparecerá;

1 Coríntios 13:4-8
 
A palavra ensina o que é o amor, e não manda procurar nada
de defeitos em ninguém, nem depressa, nem vagarosamente.
 
 
J. C. Ryle escreveu:

Extraído do livro
Meditações no Evangelho de Mateus – J. C. Ryle, pág. 45-46

Este autor conseguiu colocar JESUS a dizer coisas
que assim não estão no texto, e ainda "deu autorização"
a que os irmãos vagarosamente possam procurar defeitos
nos outros irmãos, quando o texto inicial bem avisa que
da forma que julgarmos e medirmos seremos igualmente
julgados e medidos.


Resumindo, não aconselho este livro a ninguém, pois
em duas páginas nem explicou o que está escrito, e ainda
conseguiu acrescentar, e ensinar coisas que não devemos
fazer.

Jairo escreveu:

Aquim você pode comentar este estudo , descordar , acresentar , fique a vontade .
 
 
Irmão Jairo, já comentei, discordei, mostrei onde o autor
acrescentou e onde errou.
 
A resposta é ao que está escrito, não sendo você o autor,
não se sinta obrigado a responder, mas se discordar de
algum dos comentários feitos, esteja à vontade para responder.
 
 
Fique em paz.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

--------------É TÃO FÁCIL DE LER------------------------

Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter
nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;
João 5:39

Mas, se não credes nos seus escritos,
como crereis nas minhas palavras?
João 5:47

Procurem a JESUS, e aceitem as suas palavras.

----------------MAS TÃO DIFÍCIL DE ACEITAR--------------

 
 
Não falo de mim,  falo e explico a palavra do PAI falada por Jesus Cristo.
PORQUE DELE E PARA ELE SÃO TODAS AS COISAS
E só quero dar entendimento da verdade, não peço nada em troca,
nem tão pouco aceitaria.
Pois só o facto de conseguir que todos vós leiam as minhas palavras, eu já estou recompensado.
 
aaaabcdfgiooossu
 
Pai, perdoa a humanidade, eles ainda não chegaram lá,
mas com o incentivo certo, eu sei que em breve todos
estarão no único caminho que leva a ti.


SÓ ME RESTA TE ADORAR, EU NASCI PRA TE ADORAR.
PORQUE DELE E PARA ELE SÃO TODAS AS COISAS,
TE AMO MEU PAI

_________________
ADMIN
Voltar ao Topo Ir em baixo
 

A DIFERENÇA – CENSURA E JULGAMENTO.Sua participação Aqui.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» A DIFERENÇA – CENSURA E JULGAMENTO.Sua participação Aqui.
» Diferença de radicais
» Fatoração da diferença de n-ésimos naturais.
» O Trigo e o joio,qual a diferença?
» Diferença entre arranjo e permutação

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Palavra de DEUS :: Diversos debates sobre as Escrituras :: Debates Sobre a Palavra de DEUS - Semeadores da Palavra (Arquivados)-