A Palavra de DEUS

Tudo sobre a Palavra de DEUS.
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seLogin
E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo,
para dar a cada um segundo a sua obra.

Apocalipse 22:12
                

E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
Apocalipse 22:12
E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
Apocalipse 22:12
E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
Apocalipse
Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim,
o primeiro e o derradeiro.

Apocalipse 22:13
Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos,
para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.

Apocalipse 22:14
A lei e os profetas duraram até João;
desde então é anunciado o reino de Deus,
e todo o homem emprega força para entrar nele.

Lucas 16:16
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 21 em Dom Nov 08, 2015 10:50 am
Últimos assuntos
» Cristão e Maçom. Como conciliar ?
Sab Set 17, 2016 3:05 am por STELIO

» Dois ou três reunidos em nome de Cristo
Sex Set 16, 2016 5:53 pm por STELIO

» O Personagem Enigmático de Dn 11 e Ap 1.
Sex Set 16, 2016 1:21 am por STELIO

» Lançados Vivos !
Sex Set 16, 2016 1:17 am por STELIO

» Dízimo: da Lei ou da Fé ?
Qui Set 15, 2016 12:21 am por STELIO

» CRITÉRIOS para penalização de membros que contrariam as regras do FÓRUM
Qua Set 14, 2016 11:05 pm por Admin

» Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo
Qua Set 14, 2016 7:24 pm por STELIO

» Versículos da Palavra.
Dom Set 11, 2016 6:01 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Local de apresentação de novos membros.
Sex Ago 26, 2016 5:45 pm por STELIO

» Ovelhas sem pastor
Qui Ago 25, 2016 3:13 am por STELIO

» MP não respondidas.
Sex Mar 11, 2016 10:26 am por Fernando

» Jesus é Deus.
Qua Mar 09, 2016 2:57 pm por Ricardo Veras

» “Ao SENHOR pertence a salvação!” (Jonas 2.9)
Dom Fev 28, 2016 6:47 pm por Henrique

» Seja Bem-vindo Marcelo Almoedo
Qua Fev 24, 2016 7:21 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» DEVOCIONAL - “Isaque habitava junto a Beer-Laai-Roi.”
Qua Fev 24, 2016 1:43 am por Henrique

» Quando o caração fala.
Sex Dez 04, 2015 12:04 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Escravidão++
Qua Jun 03, 2015 5:43 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?++
Seg Jun 01, 2015 1:33 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Consequências práticas de se crer na trindade++
Dom Maio 24, 2015 1:02 am por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

» Cristãos,Vocês Acreditam Que os Judeus vão Para o Inferno?++
Qui Maio 21, 2015 11:37 pm por T̅z̅a̅r̅u̅c̅h

Local de apresentação de novos membros.
Seg Fev 03, 2014 10:40 pm por Admin
.

Bem vindos, aqui poderão fazer a vossa apresentação no fórum.


Podem dizer de onde são, qual a Religião, crença ou denominação, ou
o motivo que os levou a terem feito o registo no …

[ Leitura completa ]
Comentários: 18
Contatar Administração
Fale conosco.
Visitantes.

Tópicos similares
RM


Compartilhe | 
 

 Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
T̅z̅a̅r̅u̅c̅h



Mensagens : 2132

Inscrição em : 08/02/2014

MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Ter Set 13, 2016 7:31 am

.
Olá Stelio.

@Stelio escreveu:
Sobre a terminologia usada por você para definir "dizimar",

Você está a confundir, não foi usada NENHUMA TERMINOLOGIA para definir
"dizimar",,, foi sim usado o VERBO DIZIMAR nas suas posições consoante
os sujeitos a quem a prática do mesmo era apontado.

É um verbo, e a ação do sujeito determina o tempo do verbo, nada mais.

@Stelio escreveu:
ela se aplica à penalidade de dizimar (tirar a vida) da décima parte de um grupo de pessoas. 

Não é preciso pensar muito nem ler muito do tópico para se perceber 
que não é esse o contexto e sentido que se pode constatar.

@Stelio escreveu:
Essa terminologia não é bíblica, veio principalmente da época romana.

Qual terminologia que não é bíblica ?,, quem falou em penalidade,
ou ainda em tirar a vida da décima parte de um grupo de pessoas ?


____Citação Tzaruch____


Talvez você queira dizer as pessoas que SÃO DIZIMADAS, porque na verdade
quem dá o dízimo é dizimado, e quem recebe dizimou.




Bastaria você fazer atenção ao contexto e continuação da frase,
e iria perceber que as pessoas que dão o dízimo são de fato dizimadas,
e isto porque deram 10% do que ganharam, e quem recebeu esses 10%
fez a ação de receber que é entendido por DIZIMAR.

São tempos do verbo que foram praticados por diferentes sujeitos,
não fala ai nada com sentido de tirar a vida ou seja lá o que pense ter lido.

@Stelio escreveu:
Sobre o texto de Mateus 22, ele em si mesmo não se aplica ao dízimo. 

Não diretamente ao dízimo, mas não é preciso pensar muito
para você entender onde e como está a ser feita a aplicação.

@Stelio escreveu:
E sim, aos tributos e obrigações devidos ao poder temporal, 
em contraposição às obrigações da pessoa com Deus.

Então o assunto são obrigações,, e você não quer uma vez mais tentar
responder à pergunta que tinha sido feita acerca dessas obrigações ?


Mostrai-me a moeda do tributo. 
E eles lhe apresentaram um dinheiro. 
E ele diz-lhes: De quem é esta efígie e esta inscrição?
Dizem-lhe eles: De César. Então ele lhes disse:
Dai pois a César o que é de Césare a Deus o que é de Deus.
-Mateus 22:19-21-

Perante este texto,, o que foi que JESUS disse para darem a César,
e o que foi que JESUS disse para darem a DEUS ?


.
Voltar ao Topo Ir em baixo
STELIO



Mensagens : 27

Inscrição em : 24/08/2016

MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Ter Set 13, 2016 1:23 pm

TZARUCH, 


Se você pesquisasse um pouco mais, verificaria que DIZIMAR tem dois significados.


O termo é derivado do latim decimus, “a décima parte” – a mesma matriz, como se vê, do vocábulo décimo. Ambos descendem de decimus, mas décimo é uma palavra de formação culta e dízimo, uma palavra de formação vulgar. 


É curioso o parentesco próximo entre o SUBSTANTIVO "dízimo" e o VERMO "dizimar", que, como se sabe, significa “destruir, devastar” ou “matar em grande número”. Este nasceu para designar uma severíssima punição adotada pelos oficiais do exército romano em casos de insubordinação das tropas: matar, aleatoriamente, um em cada dez soldados.


1º) Como verbo, DIZIMAR pode ser INTRANSITIVO, e significa "cobrar o dízimo".
Nesse significado, DIZIMOU é quem entrega a quantia ou coisa, e DÍZIMO é a quantia ou coisa que foi entregue. Não há um termo próprio para quem RECEBE o dízimo.


2º) Ainda como verbo, DIZIMAR pode ser TRANSITIVO DIRETO, e significa "desfalcar", "provocar a morte" (de parte de um grupo, ou de um grupo inteiro); desfalcar.


Nesse significado, DIZIMADO é quem recebeu a PENALIDADE do dízimo. DIZIMANTE é quem aplicou a penalidade. Aqui, DÍZIMO não é uma quantia em dinheiro ou em gêneros alimentícios, mas sim, a penalidade letal em si mesma.


Qual é o teu erro ? Aplicar os termos de um significado em outro.


Portanto, vamos deixar claro que, NO TEMA DESTA POSTAGEM, daqui por diante, quando se referir à DÍZIMO, estamos falando do significado nº 01.


O termo estreou em nosso idioma no século 13, embora a prática a que se refere seja tão velha quanto a Bíblia.


O padre Rafael Bluteau, autor do “Vocabulário Português e Latino”, considerado o primeiro grande dicionário de nossa língua, escreveu o seguinte sobre o dízimo, no início do século 18, misturando definição objetiva e justificação moral:


"A décima parte, que é paga às Igrejas, párocos delas, e pessoas eclesiásticas para sua (…) sustentação; que assim como estes sustentam aos fiéis com o pasto espiritual da doutrina e sacramentos, assim é razão, que os fiéis sustentem aos tais ministros com a décima parte dos frutos que colhem".
Voltar ao Topo Ir em baixo
STELIO



Mensagens : 27

Sexo : Masculino
Inscrição em : 24/08/2016 Nasceu em : 13/03/1974
Idade : 42

MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Ter Set 13, 2016 1:25 pm

Sobre o texto de Mateus 22, já lhe expus meu entendimento sobre o mesmo.


Se você tem outro diferente, fique à vontade para explanar, dizendo em quê você vê relação com o dízimo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
T̅z̅a̅r̅u̅c̅h



Mensagens : 2132

Sexo : Masculino
Inscrição em : 08/02/2014 Nasceu em : 15/05/1972
Idade : 44
Localização : Planeta Terra
. : Religião- DEUS

MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Qua Set 14, 2016 2:50 am

.
Olá Stelio.


@Stelio escreveu:
Se você pesquisasse um pouco mais, verificaria que DIZIMAR tem dois significados.

__Citação Stelio__
ela se aplica à penalidade de dizimar (tirar a vida) da décima parte de um grupo de pessoas. 

__Citação Tzaruch__
Não é preciso pensar muito nem ler muito do tópico para se perceber 
que não é esse o contexto e sentido que se pode constatar.






Se você fizesse mais atenção ao que leu por certo iria entender qual
dos dois significados foi usado,, mas nem com essa referência chegou lá.

@Stelio escreveu:
O termo é derivado do latim decimus, “a décima parte” – a mesma matriz, como se vê, do vocábulo décimo. 
Ambos descendem de decimus, mas décimo é uma palavra de formação culta e dízimo, uma palavra de formação vulgar. 

http://veja.abril.com.br/blog/sobre-palavras/curiosidades-etimologicas/por-que-dar-dizimo-e-diferente-de-dizimar/

Você só soube responder copiando aquilo que os outros escrevem ?

Sabe que para usar no fórum textos de outra autoria você tem de citar o link
para indicar a fonte daquilo que copiou ?

@Stelio escreveu:
É curioso o parentesco próximo entre o SUBSTANTIVO "dízimo" e o VERMO "dizimar",

(((Por certo quis dizer "TERMO",, e não "VERMO",, mas de onde copiou fala é de VERBO.))))




É curioso o parentesco próximo entre o substantivo dízimo e o verbo dizimar,
http://veja.abril.com.br/blog/sobre-palavras/curiosidades-etimologicas/por-que-dar-dizimo-e-diferente-de-dizimar/



Portanto, já de seguida fica a resposta ao que você copiou sobre "curiosidade".


__Citação__

A palavra dízimo é um substantivo e a palavra dizimar nada mais é que uma verbalização do substantivo.

http://www.dicionarioinformal.com.br/significado/dizimar/5303/



Portanto não existe UM PARENTESCO PRÓXIMO, existe sim a
verbalização do substantivo.

@Stelio escreveu:
que, como se sabe, significa “destruir, devastar” ou “matar em grande número”.

Significa aquilo que estiver dentro do contexto,, e não isso que está a dizer.

di·zi·mar Conjugar
(latim decimo, -are)

verbo transitivo

1. [Militar Punir de morte uma de cada dez pessoas designadas pela sorte.
2. Provocar a morte (de grande número de pessoas). = EXTERMINAR
3. Lançar imposto de dízima sobre.
4. Destruir parte de.
5. [Figurado]  Diminuir; desfalcar.

Palavras relacionadas: 
dizimação, dizimaria, decimar, dizimador, vindimar,

"dizimar", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, 
http://www.priberam.pt/dlpo/dizimar [consultado em 13-09-2016].


Como pode ver, o ponto 3 diz que dizimar pode ser lançar imposto de
dízima "10%" sobre o que alguém recebe.

Portanto, o que se sabe é aquilo que o dicionário tem escrito,
e cada coisa dentro do seu devido contexto.

@Stelio escreveu:
Este nasceu para designar uma severíssima punição adotada pelos oficiais do exército romano
 em casos de insubordinação das tropas: matar, aleatoriamente, um em cada dez soldados.

Abraão deu o dízimo da matança dos reis.

O significado da palavra é variado e consoante o contexto é feita
a sua aplicação, inclusive isso que copiou fala da décima parte.


Entretanto a palavra já tinha origem no Hebraico antes do Grego.


מעשר 04643 ma aser ou מעשר ma asar e (no pl.) fem.
מעשרה ma àsrah
procedente de 6240; DITAT - 1711h; n m
1) dízimo, décima parte
1a) décima parte
1b) dízimo, pagamento de uma décima parte

עשר 06237 àsar
uma raiz primitiva (idêntica a 6238); DITAT - 1711c; v.
1) pagar o dízimo, tomar a décima parte de, dar o dízimo, receber o dízimo
1a) (Qal) pagar o dízimo
1b) (Piel) dar o dízimo
1c) (Hifil) receber o dízimo

עשרון 06241 ìssarown ou עשרן ìssaron
procedente de 6235; DITAT - 1711h; n. m.
1) décima parte, dízimo


Grego

586 αποδ εκ ατευ ω apodekatoo
de 575 e 1183; v
1) dar, pagar um dízimo de algo
2) cobrar, receber um décimo de alguém


1181 δε κατη dekate
feminino de 1182; adj
1) décima parte de algo, dízimo
1a) décima parte do saque tomado de um inimigo
1b) dízimo dos frutos da terra e do rebanhos,


1183 δε κατοω dekatoo
de 1181; v
1) cobrar ou receber a décima parte
2) pagar o dízimo



Portanto a palavra no grego existe depois do Aramaico e Hebraico,
e não há troca de significados ao ser traduzida para Português.

@Stelio escreveu:
1º) Como verbo, DIZIMAR pode ser INTRANSITIVO, e significa "cobrar o dízimo".
Nesse significado, DIZIMOU é quem entrega a quantia ou coisa, e DÍZIMO é a quantia ou coisa que foi entregue. 

Como é que o verbo pode ser intransitivo se "cobrar o dizimo" é uma ação que recai
sobre uma ou mais pessoas ?,,,, não percebe que isso é transitivo ?



Gramática - Verbos transitivos, intransitivos


Quando as acções significadas pelos verbos e praticadas pelo sujeito recaem sobre uma pessoa
uma coisa ou um animal, diz-se que esses verbos são transitivos:
Manuel empurrou o João.
Eu vi a Maria.
O Manuel podou as árvores.
O miúdo quebrou o prato.
O burro escouceou o vitelo.


Quando as acções significadas pelos verbos não passam a outra pessoa, 
a outra coisa ou a outro animal, diz-se que esses verbos são intransitivos:
João caiu.
António adormeceu.
O vidro rachou.
O gelo derreteu.
O cão ladra.
O rouxinol trina.

http://www.flip.pt/FLiP-On-line/Gramatica/Morfologia-Partes-do-discurso/Verbo/Verbos-transitivos-intransitivos-reflexos-e-defe



Visto que tentou dizer coisas que não são, veja agora se entende
corretamente a gramática no Português.

__Stelio__
1º) Como verbo, DIZIMAR pode ser INTRANSITIVO, e significa "cobrar o dízimo". 
2º) Ainda como verbo, DIZIMAR pode ser TRANSITIVO DIRETO, e significa "desfalcar", 
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Você não acertou em NENHUMA,, DIZIMAR é transitivo porque a ação praticada
pelo sujeito recai sobre outras pessoas, e não tem nada disso de significar 
"cobrar o dízimo" como você falou no ponto 1º.






a) Transitivo Direto: é quando o complemento vem ligado ao verbo diretamente, sem preposição obrigatória.
Por Exemplo:

Nósescutamosnossa música favorita.
http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint11.php





Também no ponto 2º errou, porque o verbo DIZIMAR ser TRANSITIVO DIRETO 
não tem nada a ver com "desfalcar",, aponta sim que o complemento está ligado 
ao verbo diretamente, e sem preposição obrigatória.

Por isso, tanto "cobrar o dízimo" como "desfalcar", são ambos TRANSITIVOS,
e isso no sentido de recair sobre outras pessoas, e não tem NADA A VER com
esses significados que tentou induzir.

@Stelio escreveu:
Não há um termo próprio para quem RECEBE o dízimo.

Qual termo próprio ????,, é um verbo, o que existe é a pessoa e o tempo 
da ação,, que resulta na conjugação do verbo DIZIMAR.

Quem recebe 10% já dizimou, quem pagou 10% já foi dizimado, 
e isso é a conjugação do verbo nada mais.

Entretanto confirme como se chama quem RECEBE o dízimo.





Significado de Dizimador

adj.Que dizima.M.Aquelle que dizima.

https://www.dicio.com.br/dizimador/



Em vez de "TERMO" existe um adjetivo para quem recebe esse
dízimo,, chama-se de DIZIMADOR.

@Stelio escreveu:

2º) Ainda como verbo, DIZIMAR pode ser TRANSITIVO DIRETO, e significa "desfalcar", 
"provocar a morte" (de parte de um grupo, ou de um grupo inteiro); desfalcar.

Não significa NADA,, você errou na gramática, transitivo não diz
qual é o significado, apenas indica se a ação recai sobre outros

@Stelio escreveu:
Nesse significado, DIZIMADO é quem recebeu a PENALIDADE do dízimo.

Esse significado que está a falar vem de uma "gramática" errada.

Entretanto quem dá 10% foi dizimado, quem recebeu 10% dizimou,
e não é preciso que alguém morra de um exército.

@Stelio escreveu:
DIZIMANTE é quem aplicou a penalidade.

E quem recebe 10% de outro também é um DIZIMANTE,
não existem dúvidas.

@Stelio escreveu:
Aqui, DÍZIMO não é uma quantia em dinheiro ou em gêneros alimentícios, 
mas sim, a penalidade letal em si mesma.

Aqui, ali, é indiferente, os tempos e pessoas dos verbos se
aplicam aos sujeitos dependendo das suas ações, já o contexto
é que poderá definir se é pena letal  ou se é dar valores.

Dizimar é sempre 10%, independentemente do que seja,
em outros contextos pode ter um significado diferente, 
mas ai já o próprio contexto define isso.

@Stelio escreveu:
Qual é o teu erro ?

Neste caso não foi NENHUM erro,, mas quanto a você,, o erro é evidente,
DISTORCEU totalmente a gramática.

E isso porque não conferiu o que é um verbo transitivo ou intransitivo,
e ainda misturou transitivo direto com intransitivo, e nenhum deles
dá ou define significados.

@Stelio escreveu:
Aplicar os termos de um significado em outro.

Onde leu tal coisa ?

Você continua confuso,, não existe isso de aplicar termos,,
se está a falar de significados o máximo que poderia ter
acontecido era a troca de SIGNIFICADOS,, que não aconteceu.

Nem ainda um significado foi trocado por outro,
o contexto confirma isso sem qualquer sombra de dúvida.

@Stelio escreveu:
Portanto, vamos deixar claro que, NO TEMA DESTA POSTAGEM,

A única coisa que vai ficar mesmo clara é você ter vindo falar
de coisas que não são,, nem ainda o são na gramática.

@Stelio escreveu:
daqui por diante,

Daqui por diante você vai ler DUAS VEZES o que escrever ou citar 
para verificar se não está a dizer coisas erradas.

Pois veio apontar coisas que não são nem ficaram escritas, 
nem ainda algo foi trocado como tinha afirmado.

@Stelio escreveu:
quando se referir à DÍZIMO, estamos falando do significado nº 01.

Sim sim, o tal verbo INTRANSITIVO mas que recaia sobre pessoas,
sendo que isso é um verbo TRANSITIVO, por isso é o ponto 1 e 2,
o contexto é que irá definir isso.


Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, 
sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão 
quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; 
A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, 
e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, 
e depois também rei de Salém, que é rei de paz; 
-Hebreus 7:1-2-

Na verdade existe uma RELAÇÃO DIRETA entre dízimo e matança,
e talvez por isso é que os romanos faziam aquilo que citou aos exércitos.


Veja, Abraão deu dízimo de TUDO quando regressou da matança
dos reis,,, mas do que foi afinal que Abraão deu 10% ?,, sabe dizer ?

@Stelio escreveu:
O termo estreou em nosso idioma no século 13, 
embora a prática a que se refere seja tão velha quanto a Bíblia.

DIZIMO não é um termo, é sim a décima parte de algo, e quando
alguém dá ou recebe é usado o VERBO DIZIMAR.

E segundo o dicionário "dízimo" é um adjetivo e substantivo masculino.

@Stelio escreveu:
O padre Rafael Bluteau, autor do “Vocabulário Português e Latino”, considerado o primeiro grande 
dicionário de nossa língua, escreveu o seguinte sobre o dízimo, no início do século 18, misturando 
definição objetiva e justificação moral:

"A décima parte, que é paga às Igrejas, párocos delas, e pessoas eclesiásticas para sua (…) sustentação; 

que assim como estes sustentam aos fiéis com o pasto espiritual da doutrina e sacramentos, 
assim é razão, que os fiéis sustentem aos tais ministros com a décima parte dos frutos que colhem".

Também isso é parte do que copiou do link que não indicou, e claramente
desvia do assunto tratado.

Logo não serve de argumentação.

.
Voltar ao Topo Ir em baixo
T̅z̅a̅r̅u̅c̅h



Mensagens : 2132

Sexo : Masculino
Inscrição em : 08/02/2014 Nasceu em : 15/05/1972
Idade : 44
Localização : Planeta Terra
. : Religião- DEUS

MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Qua Set 14, 2016 3:43 am

.
Olá Stelio.

@Stelio escreveu:

Sobre o texto de Mateus 22, já lhe expus meu entendimento sobre o mesmo.

Não leve a mal, mas você não expôs nenhum entendimento sobre esse texto.

@Stelio escreveu:
Se você tem outro diferente,

Qual outro se o seu não foi ainda exposto ?

@Stelio escreveu:
fique à vontade para explanar,

__Stelio__
Sobre o texto de Mateus 22, ele em si mesmo não se aplica ao dízimo. 
E sim, aos tributos e obrigações devidos ao poder temporal, 
em contraposição às obrigações da pessoa com Deus.



Explanar é exatamente aquilo que lhe foi solicitado, mas aparentemente você
não quis entrar na questão e explicar acerca dessas "obrigações". 

Todos podem ver que JESUS falou de "obrigação",,, ou aquilo que se deve fazer,
e foi claro ao dizer para se dar a César o que é de César e a DEUS o que é de DEUS.

Então é sobre isso que se dá a cada um que é preciso esclarecimento,
dar o quê a quem e por qual motivo ????

@Stelio escreveu:
dizendo em quê você vê relação com o dízimo.

Por partes,, sem primeiro haver a explanação acerca dessas "obrigações"
não poderá haver relação seja com o que for.


Logos após você apresentar o seu entendimento sobre Mateus 22 e acerca dessas
"obrigações" que falou, então depois irá se ver se tem ou não relação com o dízimo.

Tente então uma vez mais, por certo não é assim tão difícil de responder.


___Citação___
Mostrai-me a moeda do tributo. 
E eles lhe apresentaram um dinheiro. 
E ele diz-lhes: De quem é esta efígie e esta inscrição? 
Dizem-lhe eles: De César. Então ele lhes disse: 
Dai pois a César o que é de Césare a Deus o que é de Deus. 
-Mateus 22:19-21-

Perante este texto,, 
o que foi que JESUS disse para darem a César, ?
e o que foi que JESUS disse para darem a DEUS ?

Ou seja...,,,dar o quê a quem e por qual motivo ????


.
Voltar ao Topo Ir em baixo
STELIO



Mensagens : 27

Sexo : Masculino
Inscrição em : 24/08/2016 Nasceu em : 13/03/1974
Idade : 42

MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Qua Set 14, 2016 7:05 pm

TZARUCH...

Seu longo arrazoado sobre DIZIMAR (origem hebraica, grega, etimológica, etc), resulta em mero esmiuçamento do texto e do termo que em nada altera os significados sobre os quais já mencionei. 

Aliás, simplesmente CONFIRMA os dois significados do verbo dizimar que EU havia mostrado antes.

De duas, uma: ou você DESCONHECIA esses significados, e só agora foi pesquisar, e por isso escreveu

"Talvez você queira dizer as pessoas que SÃO DIZIMADAS, porque na verdade quem dá o dízimo é dizimado, e quem recebe dizimou".

Ou você CONHECIA e está tentando fazer um jogo de palavras e charadas sem propósito.

Em ambos os casos, seu posicionamento em nada contribui para um avanço no debate do tema.

Sim, porque ao escrever

"Talvez você queira dizer as pessoas que SÃO DIZIMADAS(...)", está se referindo ao SEGUNDO SIGNIFICADO do verbo dizimar.

E ao escrever

"(...) porque na verdade quem dá o dízimo é dizimado, e quem recebe dizimou", aí está se referindo ao PRIMEIRO SIGNIFICADO do verbo dizimar.

Misturar ambas as ideias na mesma frase, esse foi o erro que você insiste em não reconhecer.

DIZIMAR - VERBO TRANSITIVO E INTRANSITIVO

A definição que você usou está incorreta.

Na fonte http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint11.php verifica-se que Verbo Intransitivo é aquele que traz em si a ideia completa da ação, sem necessitar, portanto, de um outro termo para completar o seu sentido. 

Ex: Eu DIZIMEI (entreguei o dízimo) este mês.

Já o verbo TRANSITIVO DIRETO é aquele que vem acompanhado por complemento: quem sente, sente algo; quem revela, revela algo a alguém. 

O verbo Transitivo Direto é quando o complemento vem ligado ao verbo diretamente, SEM preposição obrigatória. 

Ex: O general DIZIMOU metade da tropa naquela batalha.

Transitivo Indireto traz consigo, obrigatoriamente, a preposição.

Portanto, o ERRO aqui foi seu, de usar o conceito errado para definir a predicação verbal.

Também não há erro de minha parte, em falar o TERMO "dizimador", já que essa palavra pode ser adjetivo ou substantivo. 

Quando se usa a palavra "termo", isso abrange quaisquer classes gramaticais. 

Conclusão equivocada da sua parte, de novo. Sugestão: pesquise o que significa "termo", antes de dizer que dízimo não é um termo.

Outra sugestão: verifique se você está usando a gramática da língua falada no Brasil (pois é esta que usarei sempre), ou de outro país onde se fala português; pode vir daí o problema.

Se eu quiser responder copiando o que outros escrevem, isso é direito que me assiste. E se você faz tanta questão de citações e fontes, fica a seu critério buscá-las (ou não).

Quanto ao seu "Daqui por diante você vai ler DUAS VEZES o que escrever ou citar para verificar se não está a dizer coisas erradas.", SUGIRO que se coloque no lugar de debatedor no mesmo nível dos demais, pois você não tem superioridade sobre ninguém aqui, muito menos a mim, para colocar imposições de quaisquer tipos. Estamos entendidos.



(....) Edição por parte da Moderação.
--
Voltar ao Topo Ir em baixo
STELIO



Mensagens : 27

Sexo : Masculino
Inscrição em : 24/08/2016 Nasceu em : 13/03/1974
Idade : 42

MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Qua Set 14, 2016 7:24 pm

TZARUCH...


Sobre meu entendimento acerca do texto de Mateus 22, é INCORRETO de sua parte afirmar que eu "não expus nenhum entendimento", se LOGO EM SEGUIDA, você repete minha citação de que "Sobre o texto de Mateus 22, ele em si mesmo não se aplica ao dízimo. E sim, aos tributos e obrigações devidos ao poder temporal, em contraposição às obrigações da pessoa com Deus".


Ou seja, eu expus SIM meu entendimento. 


Mas, SE VOCÊ NÃO ENTENDEU, o correto seria pedir mais detalhes.


Seja mais coerente, e o debate avançará !



Aparentemente, foi o que você tentou fazer quando disse "Explanar é exatamente aquilo que lhe foi solicitado, mas aparentemente você não quis entrar na questão e explicar acerca dessas "obrigações".


E por que razão eu iria querer, a menos que fosse perguntado ? Ainda não tenho o dom de adivinhar até que ponto o interlocutor conhece sobre determinado assunto, se não indagar.


Um conselho: daqui por diante, se você não entender algo que eu venha a escrever, PEÇA  mais detalhes, sem tentativas de rebaixar ou desqualificar o argumento, indicando pormenorizadamente o que ficou controverso. Caso contrário, ficará sem uma resposta. 


Vamos então à sua pergunta.


"Todos podem ver que JESUS falou de "obrigação",,, ou aquilo que se deve fazer, e foi claro ao dizer para se dar a César o que é de César e a DEUS o que é de DEUS. Então é sobre isso que se dá a cada um que é preciso esclarecimento, dar o quê a quem e por qual motivo ????"


A Bíblia responde.


Portanto, dai A CADA UM o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra. (Romanos 13:7), passagem bíblica cujo contexto refere-se às autoridades temporais ("César").
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo   Hoje à(s) 10:40 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Deus e o dinheiro: considerações sobre o dízimo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

 Tópicos similares

-
» Deus criou o Behemot?
» A Verdade 11/09 - O Falso Ataque as Torres...
» Redação tema:Por que o patriotismo só se revela em época de Copa do Mundo?
» Deus é quem criou o diabo ?(mas sobre predestinação)
» O DIZÍMO E VERDADES OCULTAS

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Palavra de DEUS :: Diversos debates sobre as Escrituras :: Debates sobre a Palavra-